Como definir o budget de um Programa de Fidelidade

a. O budget de um Programa de Fidelidade deve sair de uma parcela da margem de contribuição dos produtos e/ou serviços da empresa patrocinadora, ou seja, não se pode trabalhar um Programa de Fidelidade com budget pré-definido ou o que chamamos de “budget fechado”. Se o budget não for ancorado em um percentual da margem, em pouco tempo não haverá como pagar os pontos conquistados aos participantes.

b. Se o programa for B2B, é possível, dentro de certas limitações, trabalhar com budget fechado, o que não é ideal, mas possível. Neste caso é necessário fazer exaustivas simulações prevendo compras máximas, sazonalidade, dentre outras variáveis, para que se possa definir o valor do ponto sem que a empresa tenha surpresas na hora de devolver esta pontuação em premiação e benefícios.

c. No B2B também é comum colocar limites nas pontuações conquistáveis, ou “teto” de pontuação, principalmente em mercados nos quais não se consegue ter controle sobre algumas práticas executadas pelos participantes. Isto garante a saúde do programa e sua continuidade.